Carregando...

Receita Federal revoga mais de 120 instruções normativas relativas à fiscalização e programação

Receita Federal revoga mais de 120 instruções normativas relativas à fiscalização e programação

Receita Federal revoga mais de 120 instruções normativas relativas à fiscalização e programação

A Receita Federal revogou 93 instruções normativas, publicadas entre 1974 e 2016, que tratavam de assuntos relacionados à Fiscalização e Programação. A medida faz parte do Projeto Consolidação, que busca adequar o estoque regulatório do órgão por meio da redução, consolidação e modernização das normas inferiores a decreto.

A relação de instruções normativas revogadas: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/instrucao-normativa-n-1.958-de-5-de-junho-de-2020-260558394.

Desde o início do ano, a Receita Federal já revogou cerca de 400 instruções normativas relativas à legislação tributária que já haviam sido revogadas tacitamente ou cujos efeitos já haviam se exaurido no tempo.

O Projeto Consolidação da Receita Federal insere-se em uma iniciativa maior projetada pelo Governo Federal, que determinou que os órgãos do Poder Executivo efetuassem a revisão de suas normas através do Decreto nº 10.139, de 2019, que entrou em vigor no início de fevereiro.

Além da revogação de normas que perderam seu objetivo, a próxima fase do projeto, prevê a consolidação, por área temática, de cerca de 460 normas, resultando em uma redução aproximada de 50% (cinquenta por cento) do estoque regulatório existente em 31 de dezembro de 2019.

Durante o processo de revisão das normas relativas à fiscalização e à programação verificou-se que muitas delas já haviam perdido seu propósito, tinham se tornado obsoletas com os avanços tecnológicos ou já haviam sido consolidadas em outras normas. Um exemplo é a Instrução Normativa nº 10, de 1974, que dispunha sobre a colocação de selos de controle em embalagens de fósforos, prática que já caiu em desuso há décadas.

A meta da Receita Federal é encerrar a consolidação de suas normas até junho de 2021, simplificando a legislação tributária e trazendo mais segurança jurídica para os contribuintes.

Pubçlicação Recente
Prazo para a entrega da DITR exercício 2020 inicia dia 17/08 e vai até o dia 30/09 de 2020 Prazo para a entrega da DITR exercício 2020 inicia dia 17/08 e vai até o dia 30/09 de 2020
Governo de Minas promove a live 'Reforma Tributária - Desafios e Oportunidades'
Boletim IRPF 2020: Receita Federal recebeu mais de 30 milhões de declarações Boletim IRPF 2020: Receita Federal recebeu mais de 30 milhões de declarações
Boletim IRPF 2020: Receita Federal recebeu mais de 27 milhões de declarações Boletim IRPF 2020: Receita Federal recebeu mais de 27 milhões de declarações
Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP) podem acessar informaçoes sobre a receita bruta para pleitearem acesso ao Pronampe Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP) podem acessar informaçoes sobre a receita bruta para pleitearem acesso ao Pronampe
Restando 4 dias para o fim do prazo, quase 25 milhões de contribuintes já enviaram declaração do IRPF/2020 Restando 4 dias para o fim do prazo, quase 25 milhões de contribuintes já enviaram declaração do IRPF/2020
Receita recebeu mais de 19 milhões de declarações do IRPF 2020 Receita recebeu mais de 19 milhões de declarações do IRPF 2020
Receita recebeu mais de 18,6 milhões de declarações do IRPF 2020
Receita Federal revoga mais de 120 instruções normativas relativas à fiscalização e programação Receita Federal revoga mais de 120 instruções normativas relativas à fiscalização e programação
Receita Federal já recebeu mais de 15,3 milhões de declarações do IRPF 2020 Receita Federal já recebeu mais de 15,3 milhões de declarações do IRPF 2020